Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Filosofia no Ensino Secundário

Novidades editoriais de interesse para estudantes e professores de Filosofia.

A Filosofia no Ensino Secundário

Novidades editoriais de interesse para estudantes e professores de Filosofia.

Como comprar on line? O melhor método.

Alguns colegas tem feito a pergunta de como comprar na internet, sendo que o principal receio são os crimes e roubos informáticos. Devo começar por indicar que comprar na internet é tão ou até mais seguro que comprar nas lojas comerciais. Grande parte das coisas que tenho à minha frente foram pagas e compradas pela internet. O processo é muito simples e há modos seguros para o fazer.
Rolando Almeida

Não existem, nem nos meios físicos, modos absolutamente seguros para fazer compras: o nosso cartão pode ser violado por piratas, podem entregar-nos uma nota falsa sem o sabermos ou, inclusive, alguém pode aproveitar uma distracção para nos roubar a carteira. Uma das objecções frequentemente colocadas para fazer compras na internet prende-se com o cartão de crédito e com os roubos informáticos. Ora bem, a melhor resposta a dar é que eu não possuo qualquer cartão de crédito, poupando, pelo menos assim, as anuidades e juros exorbitantes cobradas pela banca. A banca portuguesa disponibiliza um serviço on-line, o MB NET que torna as coisas muito simples. Basta acedermos ao site da MBNET, preencher os nossos dados e é-nos atribuído um código geral que vamos buscar à caixa multibanco. Depois, sempre que queremos fazer uma compra, abrimos um pequeno aplicativo do MBNET disponibilizado para o browser e escrevemos o Login que escolhemos bem como o tal código geral que nos é atribuído. Após isso, é perguntado quanto dinheiro queremos gastar. Assim, se eu pretendo comprar um livro que me custa £9.50, por exemplo, resta-me fazer o cambio (não esquecer os preços que cada vendedor cobra pelos portes de envio) e disponibilizar o dinheiro que quero. Posso, a exemplo, disponibilizar 20€. Qual a vantagem? No caso de um pirata informático descobrir o código do meu cartão de crédito, pode roubar-me ou gastar todo o montante que o cartão permite. No caso do MBNET não me consegue roubar mais que 20€ que foi o dinheiro que disponibilizei. Vamos supor, a exemplo, que durante uma semana, em 3 dias diferentes, comprei 3 livros no Amazon. Cada vez que comprei um desses 3 livros, foi-me atribuído pelo MBNET um código diferente, logo, é como se tivesse usado 3 cartões de crédito diferentes. Para além de tudo o MBNET é totalmente gratuito não estando sujeito a nenhuma anuidade, ao contrário dos cartões de crédito. Para qualquer dúvida que surja quando estamos a fazer a inscrição e no modo de utilização, basta telefonar que temos sempre alguém para nos dar todas as informações ou esclarecer dúvidas.
Claro que depois há que ter algum cuidado onde se faz as compras. Há, obviamente, lojas (sites) que não inspiram grande confiança, tal como há restaurantes ou lojas de vestuário que não nos inspiram igualmente confiança. Para compra de livros a preços muito bons, tendo como opção comprá-los a preços muito, mas mesmo muito baixos (já comprei livros a 1 cêntimo + portes) o Amazon inglês ou americano é de confiança. No americano, se compramos novo, as taxas alfandegárias encarecem muito o preço final do produto. Em relação ao atendimento, ele supera as expectativas. Á partida qualquer pessoa pode vender no Amazon, de qualquer parte do mundo. Só que os vendedores estão sujeitos a um ranking feito pelos compradores. E os critérios são apertados. Qualquer informação mal dada pode ser causa para despedimento / expulsão de um vendedor. Vamos supor que o leitor tem um livro para vender que tem umas quantas páginas sublinhadas, mas não informa no amazon. Se eu compro o livro, quando o mesmo me chega nesse estado, atribuo uma classificação baixa e o leitor deixa de poder vender no Amazon. Dou este exemplo real. Comprei recentemente um livro no Amazon, mas, na realidade, chegou apresentando algum mau estado. Contactei o vendedor sobre o sucedido antes de atribuir a minha classificação no ranking. O vendedor respondeu na mesma hora, pedindo desculpa pelo sucedido, numa cordialidade pouco habitual para portugueses, indicando que acontece por vezes esse tipo de coisas, mas que iriam devolver-me a totalidade do dinheiro sem que eu tivesse de devolver o produto.  Aqui respeita-se a 100% o princípio de que o cliente é quem tem razão e evita-se levar com funcionários broncos, que nos atendem mal mais parecendo que nos estão a fazer um favor por lhes comprarmos um produto qualquer.
A minha experiência de comprar na internet e, em especial, no Amazon (inglês e americano) é bastante positiva. Por essa razão tornei-me cliente habitual.
Uma nota final para referir que no caso de muitos livros que compramos no Amazon, estamos ainda a contribuir para programas de leitura e oferta de livros para países subdesenvolvidos. Sou bem atendido, os produtos são baratos e ainda por cima torno-me cúmplice de campanhas de solidariedade internacional. E não pago nada para cartões de crédito. Ah! Até hoje ainda não perdi qualquer dinheiro na internet nem fui enganado.
No caso da Amazon podemos folhear alguns livros ou ouvir partes de discos, antes de comprar. Nada disto substitui o prazer de entrar numa livraria, folhear e manusear os livros. Mas para isso é preciso tê-las.
Obs: clicar nas palavras linkadas para aceder aos sites. Para aceder ao MBNET tem de ter um registo prévio na página do seu banco. Contacte o banco se tiver dúvidas.
Boas Leituras


20 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blog de divulgação da filosofia e do seu ensino no sistema de ensino português. O blog pretende constituir uma pequena introdução à filosofia e aos seus problemas, divulgando livros e iniciativas relacionadas com a filosofia e recorrendo a uma linguagem pouco técnica, simples e despretensiosa mas rigorosa.

Arquivo

  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2008
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2007
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2006
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D