Terça-feira, 19 de Setembro de 2006

Livros

 

Mas como se explica que aquela, que trabalha, vai às compras, educa os filhos, guia o carro, ama três homens, vai ao dentista, vai mudar de casa para a semana que vem, arranje tempo para ler, e este casto celibatário que vive de rendimentos, não o consiga?

O tempo para ler é sempre um tempo roubado. (Como aliás o tempo para escrever, ou para amar.)

Roubado a quê?

Digamos que ao dever de viver.

(…)

Tanto o tempo para ler como o tempo para amar dilatam o tempo de viver.

Se encarássemos o amor pela perspectiva do emprego do tempo, o que sucederia? Quem tem tempo para estar apaixonado? No entanto, alguma vez se viu um apaixonado não ter tempo para amar?

(…)

A leitura não resulta da organização do tempo social, ela é como o amor, uma maneira de ser.

A questão que se coloca não é saber se tenho ou não tempo para ler (tempo esse, aliás, que ninguém me dará), mas sim se tenho ou não prazer em ser leitor.

- Tempo para ler? Está no meu bolso.

 

Daniel Pennac, Como Um Romance, Ed Asa, Porto, 2002 , p. 133

 

publicado por rolandoa às 19:52

link do post | favorito
5 comentários:
De SLBzInHaH a 23 de Setembro de 2006 às 22:00
Pois... eu concordo plenamente consigo... =)
De Luís Teixeira a 25 de Setembro de 2006 às 22:34
Uma questao a parte!! O professor vai leccionar o 11º??
De rolandoa a 26 de Setembro de 2006 às 18:29
Olá Renato,
Não parece que vá leccionar a vossa turma, apesar de leccionar 11ºs anos. Com certeza ficam em boas mãos. O grupo de filosofia reune bons professores e com competência para fazerem um excelente trabalho com os alunos. Ainda assim, eu estarei sempre por aqui.
Abraço
Rolando
De Luís Teixeira a 25 de Setembro de 2006 às 22:40
Quanto ao tema exposto!! É verdade sim senhor!! Mais que tudo, não devemos ler por obrigação, mas sim por vontade própria.
A leitura enriquece-nos, quer a nível do conhecimento, novas experiencias, mais vontade para ler; Faz-nos pessoas melhores!! Pessoas capazes de ter algumas ideias que adquiriu nos livros!! Embora é claro que os livros não são a maior fonte de experiencia de vida!! Aprende-se com a vida!! Mas é claro que um bom livro deve estar sempre presente!! Roubar tempo para ler não é por obrigação, mas sim por vontade própria e o prazer de ler!!
De rolandoa a 28 de Setembro de 2006 às 12:14
Renato,
o que te leva a considerar a experiência dos livros uma experiência de vida menor em relação a outras experiências? Penso estares a referir-te a algo como: ler sobre a grande muralha da china, não é o mesmo que estar presencialmente em frente a ela. Com efeito, não será melhor estar em sua presença tendo lido algo da sua história? O mundo real ou ficcionado não será sempre simbólico? Serão estas experiências complementares? Pensa nisso! Abraço
Rolando Almeida

Comentar post

Rolando Almeida


pesquisar

 
Blog de divulgação da filosofia e do seu ensino no sistema de ensino português. O blog pretende constituir uma pequena introdução à filosofia e aos seus problemas, divulgando livros e iniciativas relacionadas com a filosofia e recorrendo a uma linguagem pouco técnica, simples e despretensiosa mas rigorosa.

Posts Recentes

NOVO ENDEREÇO: http://fil...

Nova religião digital

Problemas again

Escolha um título,...

A censura na nova religi&...

Filosofia na web – ...

Mais um “AQUI&rdquo...

Uma situaçã...

E?

Exigências para se ...

Arquivos

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Favoritos

Relação entre a filosofia...

Luta na filosofia ou redu...

A filosofia não é uma arm...

Argumentos dedutivos e nã...

16 de NOVEMBRO DE 2006, D...

PAGAR NA MESMA MOEDA

Um ponto de vista comum n...

DILEMA DE ÊUTIFRON

O que é a validade?

Nova Configuração no Blog

Sites Recomendados

hit counter
Clique aqui para entrar no grupo artedepensar
Clique para entrar no grupo artedepensar
Contacto via e-mail
AddThis Feed Button
RSS