Sábado, 21 de Julho de 2007

Como comprar on line? O melhor método.

Alguns colegas tem feito a pergunta de como comprar na internet, sendo que o principal receio são os crimes e roubos informáticos. Devo começar por indicar que comprar na internet é tão ou até mais seguro que comprar nas lojas comerciais. Grande parte das coisas que tenho à minha frente foram pagas e compradas pela internet. O processo é muito simples e há modos seguros para o fazer.
Rolando Almeida

Não existem, nem nos meios físicos, modos absolutamente seguros para fazer compras: o nosso cartão pode ser violado por piratas, podem entregar-nos uma nota falsa sem o sabermos ou, inclusive, alguém pode aproveitar uma distracção para nos roubar a carteira. Uma das objecções frequentemente colocadas para fazer compras na internet prende-se com o cartão de crédito e com os roubos informáticos. Ora bem, a melhor resposta a dar é que eu não possuo qualquer cartão de crédito, poupando, pelo menos assim, as anuidades e juros exorbitantes cobradas pela banca. A banca portuguesa disponibiliza um serviço on-line, o MB NET que torna as coisas muito simples. Basta acedermos ao site da MBNET, preencher os nossos dados e é-nos atribuído um código geral que vamos buscar à caixa multibanco. Depois, sempre que queremos fazer uma compra, abrimos um pequeno aplicativo do MBNET disponibilizado para o browser e escrevemos o Login que escolhemos bem como o tal código geral que nos é atribuído. Após isso, é perguntado quanto dinheiro queremos gastar. Assim, se eu pretendo comprar um livro que me custa £9.50, por exemplo, resta-me fazer o cambio (não esquecer os preços que cada vendedor cobra pelos portes de envio) e disponibilizar o dinheiro que quero. Posso, a exemplo, disponibilizar 20€. Qual a vantagem? No caso de um pirata informático descobrir o código do meu cartão de crédito, pode roubar-me ou gastar todo o montante que o cartão permite. No caso do MBNET não me consegue roubar mais que 20€ que foi o dinheiro que disponibilizei. Vamos supor, a exemplo, que durante uma semana, em 3 dias diferentes, comprei 3 livros no Amazon. Cada vez que comprei um desses 3 livros, foi-me atribuído pelo MBNET um código diferente, logo, é como se tivesse usado 3 cartões de crédito diferentes. Para além de tudo o MBNET é totalmente gratuito não estando sujeito a nenhuma anuidade, ao contrário dos cartões de crédito. Para qualquer dúvida que surja quando estamos a fazer a inscrição e no modo de utilização, basta telefonar que temos sempre alguém para nos dar todas as informações ou esclarecer dúvidas.
Claro que depois há que ter algum cuidado onde se faz as compras. Há, obviamente, lojas (sites) que não inspiram grande confiança, tal como há restaurantes ou lojas de vestuário que não nos inspiram igualmente confiança. Para compra de livros a preços muito bons, tendo como opção comprá-los a preços muito, mas mesmo muito baixos (já comprei livros a 1 cêntimo + portes) o Amazon inglês ou americano é de confiança. No americano, se compramos novo, as taxas alfandegárias encarecem muito o preço final do produto. Em relação ao atendimento, ele supera as expectativas. Á partida qualquer pessoa pode vender no Amazon, de qualquer parte do mundo. Só que os vendedores estão sujeitos a um ranking feito pelos compradores. E os critérios são apertados. Qualquer informação mal dada pode ser causa para despedimento / expulsão de um vendedor. Vamos supor que o leitor tem um livro para vender que tem umas quantas páginas sublinhadas, mas não informa no amazon. Se eu compro o livro, quando o mesmo me chega nesse estado, atribuo uma classificação baixa e o leitor deixa de poder vender no Amazon. Dou este exemplo real. Comprei recentemente um livro no Amazon, mas, na realidade, chegou apresentando algum mau estado. Contactei o vendedor sobre o sucedido antes de atribuir a minha classificação no ranking. O vendedor respondeu na mesma hora, pedindo desculpa pelo sucedido, numa cordialidade pouco habitual para portugueses, indicando que acontece por vezes esse tipo de coisas, mas que iriam devolver-me a totalidade do dinheiro sem que eu tivesse de devolver o produto.  Aqui respeita-se a 100% o princípio de que o cliente é quem tem razão e evita-se levar com funcionários broncos, que nos atendem mal mais parecendo que nos estão a fazer um favor por lhes comprarmos um produto qualquer.
A minha experiência de comprar na internet e, em especial, no Amazon (inglês e americano) é bastante positiva. Por essa razão tornei-me cliente habitual.
Uma nota final para referir que no caso de muitos livros que compramos no Amazon, estamos ainda a contribuir para programas de leitura e oferta de livros para países subdesenvolvidos. Sou bem atendido, os produtos são baratos e ainda por cima torno-me cúmplice de campanhas de solidariedade internacional. E não pago nada para cartões de crédito. Ah! Até hoje ainda não perdi qualquer dinheiro na internet nem fui enganado.
No caso da Amazon podemos folhear alguns livros ou ouvir partes de discos, antes de comprar. Nada disto substitui o prazer de entrar numa livraria, folhear e manusear os livros. Mas para isso é preciso tê-las.
Obs: clicar nas palavras linkadas para aceder aos sites. Para aceder ao MBNET tem de ter um registo prévio na página do seu banco. Contacte o banco se tiver dúvidas.
Boas Leituras


publicado por rolandoa às 22:07

link do post | favorito
20 comentários:
De João Lopes a 23 de Julho de 2007 às 11:32
Adoro este tema porque ultimamente tenho andado em muitos "negócios de trocos" na internet e reparei que as pessoas têm medo de conjugar as palavras "Internet" e "Dinheiro"... É como se fosse misturar arroz com cimento. Mas na verdade a Internet tornou-se um meio muito remunerador (já ganhei para cima de 11 dólares num mês e pouco). Claro que há o perigo que uma tal cracker ou hacker nos roubar as passes todas com a simples utilização de um trojan, mas eu vejo um perigo maior a alguém nos apontar uma faca à goela quando vamos ao multibanco. Na "vida analógica" não podemos andar com uma firewall a nos protejer, na internet sim. Basta sermos educados no sentido da prevenção de infecções na Internet. Mas antes de tudo há que vencer o preconceito que se tem.
A Internet não é só o habitat natural de vírus e spyware.
De rolandoa a 23 de Julho de 2007 às 12:16
Caro João,
O meu artigo não pretende mostrar as vantagens de um determinado negócio ou maneira de o fazer. Não é um artigo que tenha preocupações comerciais. A ideia é que, em língua portuguesa, não temos disponíveis traduções de livros bons e com a variedade necessária. Para estarmos actualizados temos de nos socorrer de uma língua culta e o artigo pretende ajudar a fazer as compras on line . Obviamente também pretende desmistificar esse bicho papão que é, para muita gente, comprar na internet. Mas compreendo perfeitamente os receios de muita gente. Eu também os tive quando, para mim, a ideia de comprar na internet era uma novidade. Mas já percebi, tal como o João, que, afinal, comprar na net é mais seguro até, que comprar no comércio tradicional e quis no eu artigo partilhar essa experiência com os meus leitores. De todo o modo penso que fui claro ao deixar a ideia de que continuo a ter muito prazer em ir às lojas convencionais e fazer aí as minhas compras. Só compro na internet aquilo que não chega às lojas, ou chega a preços muito mais elevados. Mas esta opção cabe a cada um.
Abraço
Obrigado pelo comentário
Rolando Almeida
De jose raio a 29 de Agosto de 2007 às 00:37
tente os sitios abebooks.com e addall.com, são excellentes agregadores de livrarias e servem para comparar preços de custo e de envio.
De rolandoa a 29 de Agosto de 2007 às 02:25
José,
Obrigado pelas sugestões. estão registadas.
Abraço
Rolando Almeida
De Como Comprar pela Internet a 27 de Setembro de 2008 às 15:05
Mais dicas sobre eBay, Paypal, Mbnet e como comprar online podem ser encontradas em http://thelowcostsite.com/pt/
De Wellington a 22 de Novembro de 2008 às 18:59
Muito bom o seu artigo.

Coloquei algumas citações suas sobre compras via web no meu tcc.
De rolandoa a 23 de Novembro de 2008 às 09:53
Obrigado. Fico satisfeito de saber que o artigo é útil.
abraço
De amazon online a 19 de Fevereiro de 2009 às 05:08
por ser fã e por aconselhar claramente o amazon, também escrevi sobre isso no meu site. tal como o meu artigo (pelo menos assim o espero), também o seu ajuda a inspirar confiança aos leitores. nota-se ainda algum receio nas compras online nos países lusófonos, o que no caso de um site como o amazon é totalmente despropositado.

se quiser consultar o artigo pode encontrá-lo em http://thelowcostsite.com/pt/amazon/comprar-barato-amazon-online/

espero que possa ser útil
De Márcio a 3 de Dezembro de 2009 às 21:19
A melhor maneira de comprar pela internet e economizar seu dinheiro é pesquisando os preços do que você vai comprar no site do Shopping Portal HeRo!

Os serviços do Portal HeRo são gratuitos, ou seja, você pode pesquisar a vontade, agrupar por preços, por configuração, categoria, você escolhe como vai organizar a sua pesquisa de preço e sempre encontrará o menor preço com a melhor qualidade que você procura e tudo isso GRÁTIS!

O Shopping Portal HeRO É O LUGAR mais SEGURO para fazer compras pela internet porque só aparece na página de resultados lojas reconhecidas e que estão comprometidas com os consumidores. É a certeza de uma boa compra e a certeza de estar comprando no lugar mais barato! Vale a pena conferir, se você ainda dúvida visite o Shopping Portal HeRo e pesquise preço de qualquer coisa, afinal o serviço é gratuito e não custa nada experimentar! Acessem ai: http://www.portalhero.com.br/shopping (http://www.portalhero.com.br/shopping)
De Afonso a 29 de Janeiro de 2010 às 19:41
Boas! Apesar deste artigo ser de 2007 penso que mantem todo o interesse. Recentemente fui ao site da Amazon ingles, e vi la um produto que me interessou bastante. Tinha curiosidade em como era comprar online, mas no fim nao perecbi se o unico meio de pagamento sao os cartoes de credito... Gostava que me desses resposta a isto...
Gostava tambem de saber mais sobre o MBNet caso so dê para comprar la com cartao de credito. :)
De rolandoa a 29 de Janeiro de 2010 às 23:43
acedes à página do MBNet e lês as instruções. Depois fazes o pagamento pela tua conta bancária como se de um cartão de crédito se tratasse.
De Anónimo a 30 de Janeiro de 2010 às 15:06

Oi boas! Antes de mais queria agradecer-te por teres respondido a minha pergunta :)
Mas agora surgiu outra xD
Entao depois de termos o codigo no MBnet e de fazermos o checkout no amazon, quando chega a parte de pagar ainda nao percebi onde pomos o codigo.
Os unicos espaços que aparecem e para escolher a empresa do cartao (ex: MasterCard), o nosso nome, a data do cartao e em baixo para por um codigo promocional caso tenhamos algum...
No fim disto tudo ainda naopercebi onde e para por o codigo MBnet... Podes-.me explicar??
Obrigado pela atençao :)
De rolandoa a 30 de Janeiro de 2010 às 18:12
Abres o MBNet, fazes login e colocas efectuar pagamentos. Escolhes a quantia que queres gastar e gera-te automaticamente um código. Tudo isto numa janelinha pequenina. Depois vais ao Amazon, fazes log in, escolhes o produto e escolhes cartão de crédito e aí a opção ou é Visa ou Mastercard, acho eu, dependendo de banco para banco. Colocas o código dado pelo MBnet, a data de validade, o nome do cartão e tá feito. Tenta como Visa, se não der tentas outra vez como Mastercard. Não sei se tem outras opções, mas tentas até veres qual é o teu cartão. Feito isto o dinheiro é descontado na tua conta. Atenção que tens de fazer as contas aos portes por isso imagina que o livro te fica a 20€, coloca sempre uns 27€.
De Anónimo a 31 de Janeiro de 2010 às 22:53
Bem antes de mais obrigado mais uma vez :)
Tens me tirado imensas duvidas lol.
Depois de ter lido o teu último comentário acho que já perecebi quase tudo xD
Só há uma coisa que ainda nao apanhei mto bem...
E assim, entao digamos que eu vou ao multibanco para ter o meu codigo do MBnet (chamemos-lhe codigo1)... Eu depois antes que comprar algo no amazon, vou ao site do mbnet, onde eles me vao dar um codigo para essa compra (codigo2). Até aqui acho que perecebi tudo!
A minha duvida e a seguinte, tipo eu no dia a seguir se quiser fazer outra compra, vou outra vez ao site do mbnet onde eles me dao um outro codigo( codigo3)... É assim certo??
De rolandoa a 1 de Fevereiro de 2010 às 09:44
Caro,
O código dado pelo multibanco é definitivo. O que varia é o código do mbnet. O que tens a fazer é testar o serviço e logo te apercebes de todas as nuances.
De sugg a 16 de Novembro de 2010 às 19:57
Bom artigo sobre paypal e mbnet: http://thelowcostsite.com/pt/paypal/comprar-na-internet-sem-cartao-credito/

Espero que seja útil...
De Alexandre a 26 de Outubro de 2011 às 03:25
Boa Noite.

Muito bom e útil post.

Pergunta: como posso saber as taxas alfandegárias no caso de uma compra no Amazon? Alguma dica? Obrigado
De rolandoa a 27 de Outubro de 2011 às 10:59
sinceramente nunca percebi muito bem como se calculam as taxas de lfandega ou ate se existem taxas fixas
De Alexandre a 28 de Outubro de 2011 às 00:27
   Sim também não percebo como ou em que casos se aplica este tipo de taxa. Já me disseram que se tiver sorte não tenho de pagar taxa nenhuma. Esta sorte deve ter a ver com o facto de revistarem a encomenda ou não.
Já encomendei um i9 (telefone dual sim chinês) no EBAY e nao me foi cobrado nenhuma taxa.

Mais uma vez: se alguém souber como é isto das taxas alfandegárias era apreciável que deixasse aqui o seu parecer. Thanks
De nokinhaz a 6 de Julho de 2012 às 21:42
Mas como é que eu faço compras no amazon se aquilo está em $??? Preciso de ajuda....

Comentar post

Rolando Almeida


pesquisar

 
Blog de divulgação da filosofia e do seu ensino no sistema de ensino português. O blog pretende constituir uma pequena introdução à filosofia e aos seus problemas, divulgando livros e iniciativas relacionadas com a filosofia e recorrendo a uma linguagem pouco técnica, simples e despretensiosa mas rigorosa.

Posts Recentes

NOVO ENDEREÇO: http://fil...

Nova religião digital

Problemas again

Escolha um título,...

A censura na nova religi&...

Filosofia na web – ...

Mais um “AQUI&rdquo...

Uma situaçã...

E?

Exigências para se ...

Arquivos

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Favoritos

Relação entre a filosofia...

Luta na filosofia ou redu...

A filosofia não é uma arm...

Argumentos dedutivos e nã...

16 de NOVEMBRO DE 2006, D...

PAGAR NA MESMA MOEDA

Um ponto de vista comum n...

DILEMA DE ÊUTIFRON

O que é a validade?

Nova Configuração no Blog

Sites Recomendados

hit counter
Clique aqui para entrar no grupo artedepensar
Clique para entrar no grupo artedepensar
Contacto via e-mail
AddThis Feed Button
RSS