Terça-feira, 13 de Janeiro de 2009

Como redigir um ensaio filosófico

writing_tablet As instruções para redacção bem como de avaliação de um ensaio argumentativo encontram-se aqui (basta clicar no “aqui” ou na imagem para aceder).

publicado por rolandoa às 16:14

link do post | favorito
4 comentários:
De Matheus Silva a 18 de Janeiro de 2009 às 11:12
Viva Rolando!

já fazia um bom tempo que não visitava teu Blog. Se tem uma coisa que eu adoro nele é o modo dinâmico como se encarar a prática de ensino, principalmente a prática do professor de filosofia. Toda vez que me deparo com um post desses é como uma lufada de ar fresco que me faz esquecer os professores imperdenidos que raciocinam como homens da cavernas.

Desnecessário dizer que aprecio o seu trabalho de divulgação, mas vc não tem interesse de prosseguir na atividade filosófica como investigador? Pelo fato de ser professor fica complicado o mestrado, doutorado etc? Não vejo nenhum motivo para não se dedicar como especialista a alguma área da filosofia, para além do trabalho de divulgador.

Um grande abraço
De rolandoa a 18 de Janeiro de 2009 às 23:36
Olá Matheus,
Obrigado pelo entusiasmo. Na verdade o blog tem andado mais parado nos últimos tempos, por manifesta falta de tempo da minha parte. Penso futuramente continuar os estudos, mas não me parece que vá investigar em alguma área mais específica. Vivo numa região específica de POrtugal, que é uma ilha e aqui tenho tido algumas propostas para fazer formação de professores no ensino da filosofia. Talvez siga por aí. Claro que se a academia portuguesa fosse mais interessante nos cursos de filosofia, o entusiasmo era outro, mas isso não é desculpa.
abraço
De Manuel Laranjeira a 19 de Janeiro de 2009 às 15:28
Apersentar as ideias de forma pessoal? Pedir isso aos alunos é utópico certamente.
E um ensaio não tem bibliografia, caro Polónio? E como se apresenta esta? Estas indicações, úteis sem dúvida, tornam-se muito circulares com a ideia de argumentar, justificar e contra-argumentar. É uma espécie de técnica extrínseca ensaística. Em lado nenhum é dito para o aluno PENSAR nos argumentos e não se limitar a formalizar. Ora a Fil é feita para pensar, já o disse Kant. Estamos a produzir papagaios?
De rolandoa a 19 de Janeiro de 2009 às 15:44
Caro Manuel,
Temo que o colega Artur Polónio possa não chegar a ler o seu comentário. Atrevo-me a tentar responder. Esse é o documento que uso actualmente com os meus alunos. Segui-lo exige uma determinada prática da filosofia que encaminha os alunos para conseguir realizar um ensaio com essas instruções. Em regra uso o ensaio somente no 11º ano e olhe que tenho de tudo, desde aqueles que se limitam a copiar o texto, até aos originais em que os estudantes se desdobram para defender as suas pequenas teses. Mas nunca me passou pela cabeça que fosse uma utopia um jovem de 16 anos pensar pela sua cabeça, tanto que é que muitos alunos meus - e não estou a falar de alunos brilhantes - conseguem ter muitas intuições que os próprios filósofos tiveram. Finalmente, um ensaio como o que se propõe não é um trabalho de 20 ou 30 páginas. Isso é o que deveríamos talvez fazer nas universidades. O ensaio de secundário tem no máximo 2 páginas. De resto nem preciso de dar mais justificações já que na página do Arte de Pensar tem exemplos de ensaios escritos por estudantes de 15 anos que seguem de perto o modelo proposto no documento que aqui linkei. Vá lá ver, convido-o a ler e veja lá se se trata de alguma utopia.
abraço

Comentar post

Rolando Almeida


pesquisar

 
Blog de divulgação da filosofia e do seu ensino no sistema de ensino português. O blog pretende constituir uma pequena introdução à filosofia e aos seus problemas, divulgando livros e iniciativas relacionadas com a filosofia e recorrendo a uma linguagem pouco técnica, simples e despretensiosa mas rigorosa.

Posts Recentes

NOVO ENDEREÇO: http://fil...

Nova religião digital

Problemas again

Escolha um título,...

A censura na nova religi&...

Filosofia na web – ...

Mais um “AQUI&rdquo...

Uma situaçã...

E?

Exigências para se ...

Arquivos

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Favoritos

Relação entre a filosofia...

Luta na filosofia ou redu...

A filosofia não é uma arm...

Argumentos dedutivos e nã...

16 de NOVEMBRO DE 2006, D...

PAGAR NA MESMA MOEDA

Um ponto de vista comum n...

DILEMA DE ÊUTIFRON

O que é a validade?

Nova Configuração no Blog

Sites Recomendados

hit counter
Clique aqui para entrar no grupo artedepensar
Clique para entrar no grupo artedepensar
Contacto via e-mail
AddThis Feed Button
RSS