Domingo, 4 de Janeiro de 2009

Questões para 2009

School.Best Teacher Slate.(SC1002).(1.66x2.17).6620 Se no modelo simplex de avaliação dos professores cai a avaliação da componente científica pedagógica, o que resta então para avaliar de um professor? O que se espera de um professor português segundo este modelo da treta? Espera-se tudo, menos o que deveria esperar-se, que o professor saiba o que tem para ensinar. Deve ser esta a razão que explica que nas reuniões recentes de avaliação de 1º período fez com que uma colega que foi mais exigente com as avaliações dos alunos, se sentisse na obrigação de justificar tudinho, ao passo que os outros colegas, incluindo-me, que provavelmente foram mais condescendentes com o sistema ficaram o tempo todo calados. Resumindo: eu sou professor de filosofia do ensino secundário. Em lado algum é pressuposto que eu saiba filosofia. Posso até nem saber, nem querer saber, desde que mantenha uma boa relação com os alunos, participe num qualquer projecto da escola, realize formação continua (75% pode ser em tapeçaria e pintura de azulejos). O somatório destes factores pode fazer de mim um professor que reúne condições para progredir. E eu, professor de filosofia, posso progredir a vida toda mesmo sem saber filosofia e sem qualquer mecanismo que possa aferir se realmente estou ou não a fazer um trabalho rigoroso, como o exame nacional. Isto é, sem mais dramas, o que se pode esperar de um professor para 2009.

publicado por rolandoa às 21:45

link do post | favorito
3 comentários:
De renato martins a 4 de Janeiro de 2009 às 22:34
nem mais. Excelente artigo.
E assim se vão perdendo as poucas massas cinzentas que eram tão cruciais por exemplo nas cidades do interior ao dinamizá-las com projectos interessantes. Não exigindo uma avaliação cientifica dos professores, estes não se sentirão estimulados para o mais e mais na sua área. Apenas precisam de ficar bem vistos socialmente (tolerantes, amiguinhos, etc. etc.) que é ao fim e ao cabo o que exigem os parametros avaliativos actuais.

bom 2009
De rolandoa a 5 de Janeiro de 2009 às 08:45
Bem, por acaso o que eu disse não é inteiramente verdadeiro uma vez que um professor que pretenda atingir a classificação de muito bom ou excelente tem de ser avaliado pela componente científico pedagógico. mas isto ainda torna piores as coisas, senão vejamos: como existem cotas a maioria dos professores não vão poder ser excelentes ou muito bons, pelo que não possuem qualquer motivação para lá chegar. Daí para que se vão chatear para chegar a um nível que sabem a partida estar vedado? Por outro lado isto é pressupor que os professores para serem bons não precisam de ser bons científico e pedagogicamente. Bem, se assim é confesso que fico baralhado sem saber o que se deva exigir a um professor. Basta aplicar o mesmo princípio aos nossos estudantes: os menos bons não são avaliados pelo conhecimento nem precisam de saber o que os muito bons e excelentes sabem. Baralhada??? Pois é! Os professores andaram a dormir com os sindicatos e agora é que são elas! Em vez de reclamarmos bons exames, bons manuais, boas avaliações, deitamo-nos a xonar.
De César Adegas a 5 de Janeiro de 2009 às 23:18
Mais vale parece-lo do que selo!
Nada nesta vida tem valor intrínseco, logo, eu valho aquilo que valorizam os olhos de quem me avalia.

Sociedade/individualidade

Então e eu num sei?

Comentar post

Rolando Almeida


pesquisar

 
Blog de divulgação da filosofia e do seu ensino no sistema de ensino português. O blog pretende constituir uma pequena introdução à filosofia e aos seus problemas, divulgando livros e iniciativas relacionadas com a filosofia e recorrendo a uma linguagem pouco técnica, simples e despretensiosa mas rigorosa.

Posts Recentes

NOVO ENDEREÇO: http://fil...

Nova religião digital

Problemas again

Escolha um título,...

A censura na nova religi&...

Filosofia na web – ...

Mais um “AQUI&rdquo...

Uma situaçã...

E?

Exigências para se ...

Arquivos

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Favoritos

Relação entre a filosofia...

Luta na filosofia ou redu...

A filosofia não é uma arm...

Argumentos dedutivos e nã...

16 de NOVEMBRO DE 2006, D...

PAGAR NA MESMA MOEDA

Um ponto de vista comum n...

DILEMA DE ÊUTIFRON

O que é a validade?

Nova Configuração no Blog

Sites Recomendados

hit counter
Clique aqui para entrar no grupo artedepensar
Clique para entrar no grupo artedepensar
Contacto via e-mail
AddThis Feed Button
RSS